Arquivo da tag: saúde mental

Como não falar a alguém com depressão

Padrão

Tradução José Filardo

 “Se você realmente quer saber como responder à depressão, tente perguntar à pessoa que está passando por ela”.

SE Smith

As pessoas deprimidas frequentemente se sentem isoladas e frustradas com o que eles estão experimentando, e que pode ser agravado pela forma como se pergunta sobre isso.

Estar deprimido não é nada agradável. A depressão  assume muitas formas para muitas pessoas diferentes – algumas têm altos e baixos, algumas têm depressão muito forte, algumas têm dias funcionais e outras nunca.

Depressão  pode envolver uma enorme variedade de tratamentos, incluindo terapia, medicação e modalidades experimentais. Ela pode ser permanente e intrusiva, transitiva. Em todos os casos, a depressão é um monstro, e pessoas deprimidas frequentemente se sentem isoladas e frustradas com o que estão experimentando. Isso é agravado por algumas das formas como as pessoas respondem à depressão, como se fosse algo de fácil compreensão, e, por vezes, suas sugestões são extremamente inúteis. Para aqueles com depressão, lidar com essas respostas, além da sua doença mental é um enorme desperdício de energia – e para aqueles que querem ajudar pessoas deprimidas, essas atitudes podem parecer bem-intencionadas, mas elas são realmente prejudiciais.

Então, depressão é apenas estar muito triste, né?

Na verdade não. A depressão é uma condição de saúde mental. Muita gente fica triste. Muitas pessoas experimentam realmente intensa tristeza, algumas vezes, ou um estado prolongado de tristeza. A distinção entre estar triste e estar deprimido pode ser complicada, pois não há um teste definitivo à mão. As pessoas que estão preocupadas com a sua saúde mental devem definitivamente procurar aconselhamento e consultoria – mas estar triste e estar deprimido são duas coisas muito diferentes Depressão inclui componentes de tristeza, mas está misturada – dependendo da pessoa – com fadiga, ideias de suicídio, incapacidade de funcionar ou completar tarefas da vida diária, falta de ou aumento do apetite, e muitos outros sintomas

Se você está interagindo com pessoas deprimidas, consiga delas as suas sugestões

Você tentou …?

Sim, provavelmente. As pessoas que foram diagnosticadas com depressão provável procuraram numerosas opções para o tratamento junto a seus médicos e conselheiros. Isto pode incluir aconselhamento psicológico, que é a primeira linha de tratamento recomendado, juntamente com medicação para pessoas que precisam erguer o seu nível básico de humor para que possam ser funcionais. Se medicação não funciona, elas provavelmente já tentaram diferentes medicamentos psiquiátricos para ver se eram mais eficazes. Os pacientes também podem ter tentado massagem, acupuntura, yoga, cristais, qualquer outra merda. Confie em mim, as pessoas tentaram. Não, não me diga que a irmã do namorado de sua tia foi tomar banho de lama e se curou. Simplesmente, não. Já foi tentado.

Por que não apenas se animar?

Falando sério? Esta é a minha expressão de cara vazia. Tenho certeza de que não ocorreu a nenhuma pessoa deprimida na história “apenas se animar”, porque estar deprimido é tão divertido e impressionante. Isso parece vir com uma implicação de que as pessoas deprimidas são culpadas por sua própria doença mental, que se elas apenas tentassem mais, não seriam mais deprimidas. É vergonhoso, e também frustrante para pessoas que estão lutando com um estado mental realmente muito baixo. Imagine se alguém cortasse seu pé e, em seguida, sugerisse a você apenas tentar fazê-lo crescer novamente. Divirta-se com isso.

Está tudo na sua mente.

Bem, é, tipo assim. Sim, a depressão está relacionada com desequilíbrios da química do cérebro, e, nesse sentido, está, literalmente, em sua mente. Mas a depressão é realmente mais complicada do que isso. Claro, isso pode envolver neurotransmissores, hormônios e outros produtos químicos produzidos dentro do corpo, incluindo aqueles que são um pouco difíceis de quantificar e medir – às vezes, também envolve alterações fundamentais no cérebro, tais como a depressão que se instala após uma lesão.

Às vezes ela é, até mesmo, uma resposta a outros medicamentos; anestesia, por exemplo, pode causar depressão por dias, semanas e até meses após a cirurgia. Mas também é físico para muitos pacientes. Depressão pode causar problemas gastrointestinais, distúrbios alimentares e outras coisas que se manifestam no mundo físico, também. Afora o fato de que é ofensivo e desagradável agir como se estivesse sendo atacado por sua própria mente, não é real e também é factualmente incorreto dizer que “está tudo em sua mente” a alguém que está sentindo, por exemplo, dores de cabeça recorrentes associadas à depressão.

Não consigo imaginar …

Não. Provavelmente você não consegue. Esta é uma espécie de afirmação óbvia e inútil. A única coisa pior do que isso, é fingir que você pode imaginar (“Eu estive triste uma vez também”), porque, não, você não pode. Depressão é algo extremamente complicado e até mesmo as pessoas deprimidas não podem realmente imaginar o que outras pessoas deprimidas estão passando, porque esta é uma jornada individual. Muitas vezes, as pessoas que dizem isso parecem querer dizer isso de uma forma desdenhosa – não é só que eles não podem imaginar, mas que eles estão sugerindo que sua doença mental é imaginária .

Você não pode simplesmente ser curado? / Eu pensei que você estava bem, agora que estava tomando remédios?

A depressão é uma condição de saúde mental que pode durar a vida toda. Às vezes, isso significa ficar sob terapia e medicamentos para o resto de sua vida, e exige ajustar constantemente o seu tratamento, se necessário. Você pode ter surtos de depressão onde mesmo com o tratamento você ainda tem retrocessos. Você pode ter depressão resistente ao tratamento, onde nada realmente funciona para você, e você está lutando para controlar a sua doença mental. Não há cura para a depressão, remédios nem sempre são confiáveis e as condições de saúde mental são variáveis ao longo do tempo.

Você realmente precisa de um  animal de estimação / Medicamentos / tanta terapia?

Sim. Pare de perguntar. Responder à depressão quando você não tem estrutura para compreendê-la é difícil. Também é, às vezes, difícil para as pessoas com depressão ser capazes de se concentrar nas necessidades dos outros à sua volta, porque elas estão ocupadas tentando permanecer vivas. Não é o trabalho delas fazer as pessoas ao seu redor se sentir melhores – e não é o trabalho delas explicar a depressão ou meticulosamente responder à mesma série de perguntas intrusivas repetidamente . Se você está interagindo com pessoas deprimidas, consiga suas sugestões delas, mas lembre-se: o deprimido pode às vezes se sentir realmente isolado .

Às vezes, o apoio assume a forma de amigos simplesmente estar por perto e não fugir delas. Talvez isso signifique consistentemente convidar as pessoas para eventos, mesmo que muitas vezes elas se recusem. Ou se oferecer para levar comida e ajudar em casa ou para buscar remédios / levar as pessoas a consultas de terapia. As necessidades das pessoas são extremamente variáveis, por isso esta não é uma receita de “como apoiar seus amigos e familiares deprimidos”. É apenas um começo.

Se você realmente quer saber como responder à depressão, tente perguntar à pessoa que está passando por isso – e não se ofenda se for rejeitado ou se a resposta é: “Eu honestamente não sei”.

Anúncios